banner-portal-transparencia 180x100

Galeria de Arte Loide Schwambach: Exposições e Ação Educativa

 

 

DSC_0029 DSC_0024 

 

CSC_0016

 

 

Produção e realização de 4 (quatro) exposições de arte contemporânea mensais na Galeria de Arte Loide Schwambach, bem como planejamento e execução de ação educativa em cada exposição, com o atendimento de aproximadamente 150 (cento e cinquenta) a 200 (duzentos) estudantes por mês. Inclui-se na proposta a produção de folder informativo sobre as exposições e ações educativas. O objetivo central desta iniciativa é produzir e realizar 4 (quatro) exposições de artes visuais na Galeria de Arte Loide Schwambach, proporcionando o acesso e conhecimento em arte aos mais diversos públicos. Em cada uma das exposições, será planejada uma ação educativa de acordo com a proposta artística apresentada, voltada ao público de estudantes da FUNDARTE, da rede pública de ensino do município e de projetos sociais, através de prévia divulgação e agendamento. As ações educativas objetivam ampliar o repertório visual e artístico dos estudantes, colaborar na formação de público e contribuir para processos de ensino-aprendizagem mais criativos e significativos, composta por mediação na exposição e ação prático-reflexiva.

O foco curatorial do projeto centra-se nos princípios de criação da Galeria de Arte Loide Schwambach, que visa valorizar e estimular produções contemporâneas em arte através de sua visibilidade em exposições na galeria, evidenciando a intersecção entre pesquisa e produção artística.

Todas as ações serão registradas em fotos e vídeos para que, posteriormente, seja produzido um folder informativo em tam. A3 (frente e verso), sobre as 4 (quatro) exposições e as ações educativas feitas pela Rede de Mediadores, com tiragem de 500 unidades, a serem distribuídas em instituições culturais do Rio Grande do Sul e escolas do município de Montenegro e região.

Os produtos finais da iniciativa proposta são:

  • 4 (quatro) exposições artísticas contemporâneas na Galeria de Arte Loide Schwambach – FUNDARTE, com a duração de 4 (quatro) semanas cada, na qual cada uma terá um(a) curador(a) diferente;
  • 15 (quinze) sessões de mediações (dentro da ação educativa) em cada exposição, num total de 60 sessões, contemplando um público de 150 a 200 estudantes em cada exposição;
  • 4 (quatro) encontros com artistas, no período de sua exposição;
  • Folder informativo colorido, em tamanho A3 (frente e verso), sobre as 4 (quatro) exposições e as ações educativas feitas pela Rede de Mediadores, com tiragem de 500 unidades.

 

Projeto Agenda Cultural FUNDARTE

AGENDA FUNDARTE

 

O presente projeto prevê a realização de um calendário de programação cultural para a cidade de Montenegro e municípios do Vale do Caí abrangendo 13 espetáculos entre as áreas de ARTES CÊNICAS e MÚSICA.

 

Datas: 01/01/2016 a 30/12/2016

 

Orquestra Sinfônica da UCS - Créd  Cláudia Velho 2

 

 

Objetivos Específicos:

-Proporcionar a população do Vale do Caí uma programação variada de espetáculos;

-Fomentar a formação de plateia e apreciadores de arte;

-Contribuir para o desenvolvimento do pensamento crítico, através da apreciação e do contato com as diversas manifestações de arte;

-Promover a integração social e o acesso democrático aos eventos culturais.

-Proporcionar as pessoas que residem no Vale do Caí acesso aos bens culturais, geralmente mais acessíveis nas capitais;

-Promover 9 eventos na área de música,

-Promover 4 eventos na área de Artes Cênicas

 

 

Ação Comunitária FUNDARTE

Ação Comunitária FUNDARTE: a arte como propulsora do desenvolvimento humanizante do indivíduo

           

 

Este projeto tem como objetivo principal oferecer formação na área de artes às crianças, jovens e adultos em situação social, cultural e educacional menos favorecidas, através de oficinas com foco na valorização do fazer artístico, na busca pelo desenvolvimento humanizante do indivíduo. Trata de oficinas na área da música e teatro em escolas públicas, associações e mesmo na sede da FUNDARTE. São atendidas duas bandas escolares, quatro oficinas de violão, flauta doce, uma oficina de teatro para professores, oficinas de percussão e o atendimento ao Coro Saber Viver com pessoas da terceira idade, este na sede da FUNDARTE.

A origem do “Ação Comunitária FUNDARTE” está em um projeto chamado “FUNDARTE nas Escolas”, que iniciou em 1996, atendendo praticamente todas as escolas municipais com alguma atividade artística dentro da própria escola ou na sede da FUNDARTE. Já em 1997 este projeto foi ampliado para as escolas estaduais e particulares aumentando o número de professores e alunos atendidos, com apresentações ou oficinas de artes nas quatro áreas: artes visuais, dança, música e teatro. Ao longo dos anos, o projeto foi passando por alterações e outros subprojetos foram sendo agregados a ele como: Projeto Pintar, Projeto Dançar, Projeto Cordas, Canto Coral nas Escolas, entre outros. Alguns destes subprojetos adquiriram autonomia e outros passaram a integrar o que desde 2001 passou a chamar-se Ação Comunitária FUNDARTE. Este projeto caracteriza-se por atender, dentro e fora da instituição, crianças, jovens e adultos que não têm acesso a Arte em suas atividades cotidianas.

 

 

OBJETIVOS


1. qualificar o Ensino de Arte em locais desprovidos de profissionais específicos;
2. proporcionar às crianças, jovens e adultos, oportunidade de crescimento pessoal através da Arte em oficinas de violão, flauta, percussão, bem como nas bandas escolares e no Coro Saber Viver;
3. contribuir para a formação continuada de professores de artes através de uma oficina de Teatro;
4. contribuir para a produção de Arte, formação de grupos artísticos e perspectiva de trabalho na área;
5. ampliar o campo de atuação da FUNDARTE;
6. realizar apresentações públicas (Apresentação Musical) das atividades desenvolvidas no decorrer do projeto.
7. divulgar as ações do projeto através de  vídeos de 3 minutos veiculados na TV Cultura do Vale. 

8. divulgar as ações do projeto em meios eletrônicos com vídeo de 5 minutos explicativo  com Libras, legenda e texto narrativo para cegos.

9. Reservar 5 vagas para alunos cegos na oficina de percussão e atendê-los com o auxílio de uma cartilha em Braile com os conteúdos.

 

 

 

 

 

Projeto Dançar da Fundarte

DANÇAR: HÁ 20 ANOS FORMANDO CIDADÃOS PARA O MUNDO

patrocínio

Síntese do projeto

O projeto “Dançar: há 20 anos formando cidadãos para o mundo” é um projeto social que busca atender no mínimo cento e cinquenta crianças e jovens, através de aulas semanais de ballet clássico orientadas por profissionais reconhecidos no Estado do Rio Grande do Sul. As crianças e jovens tem duas aulas semanais de ballet e ao final do ano letivo participam de um grande espetáculo elaborado desde o início de cada ano, em que vários clássicos da literatura infantil, e, ballet de repertório já foram apresentados: O Mágico de Oz, Peter Pan, Alice no País das Maravilhas, Sítio do Pica-pau Amarelo, Pequeno Príncipe, A Fantástica Fábrica de Chocolate, entre outros. Estes espetáculos são apresentados à Comunidade do município de Montenegro e região, entre os meses de novembro e dezembro.

 

Objetivo geral: O Projeto Dançar: há 20 anos formando cidadãos para o mundo busca proporcionar às crianças e jovens a oportunidade de crescimento pessoal através da dança, para fins de melhoria em seu processo de socialização e desempenho escolar, e compreensão da importância da arte como área de conhecimento, além de envolver estes jovens em processos poéticos orientados por profissionais reconhecidos por em dança, no estado e país. No ano de 2016 o Projeto Dançar comemora os 20 anos de atividades contínuas.

Objetivos específicos: * Oferecer formação em dança a no mínimo 150 crianças e jovens; * Realizar um espetáculo anual com as crianças participantes do projeto; * Realizar, no mínimo, 18 apresentações de espetáculos para a comunidade montenegrina e região; * Gravar um DVD de cada espetáculo e divulgação do mesmo; * Intensificar o trabalho físico com os alunos mais adiantados; * Adquirir ar condicionado para as 3 salas de dança; * Disponibilizar vale transporte semanal para os alunos do projeto durante o ano; * Fornecer lanche para os alunos nas 18 apresentações previstas; * Adquirir uniforme e figurinos para os alunos de dança; * Divulgar o projeto nas escolas públicas do Município de Montenegro e região. 

 

Fotos de “Cinderela” realizado em 2015

 

DSC_0667       DSC_0954

 

 

DSC_0831

 

DSC_0772

 

 

DSC_2432

 

Ação Comunitária FUNDARTE - BACKUP 2017-05-24

DESCENTRALIZAÇÃO E ACESSIBILIDADE: AÇÃO COMUNITÁRIA FUNDARTE

patrocínio 

 

Síntese do Projeto

O Projeto tem como objetivo principal oferecer formação na área de artes às crianças, jovens e adultos em situação social, cultural e educacional menos favorecida, através de oficinas com foco na valorização do fazer artístico. Busca a descentralização e inclusão da comunidade em atividades de musicais que ocorrerão gratuitamente, tanto na Fundarte quanto em escolas e espaços alternativos de artes, beneficiando aqueles que não têm acesso à arte em suas atividades cotidianas. Este projeto prevê quatro produtos que serão elaborados no decorrer de um ano de atividades. São ele: oficinas na área de musica(Coro Saber Viver, Bandas Escolares, Flauta Doce e violão em grupo), elaboração de um caderno pedagógico, e, de um DVD que irá acompanhar o caderno, bem como duas mostras dos trabalhos para a comunidade envolvida.

Coro Saber Viver - 25 vagas

DSC_0143

DSC_0002

 

 

Oficina de Flauta doce - 15 vagas na AABB

12043060_10205445158314419_6998456701714422771_n

 

 

Oficina Banda Escolar - 65 vagas

 

E.M.E. F. Pedro João Müller

 

E. M. E. F. José Pedro Steigleder

  

 

Aulas de violão em grupo - 45 vagas : 1 oficina na AABB, 1 Oficina na Rua Nova na Escola Municipal Etelvino de Araújo Cruz, 1 Oficina na E.M. Walter Belian e 2 oficinas na FUNDARTE

DSC_0052

 

12003960_10205446378504923_1844172055845875528_n

 

12047009_10205450315643349_2185786779501882912_n