banner-portal-transparencia 180x100

Grupo Cordas

Grupo Cordas

Coordenação: Profª Karin Kupas

Dados da coordenadora: Teve o primeiro contato com o violino na Fundação Municipal de Artes de Montenegro - Fundarte (Montenegro, RS), aos seis anos de idade. Anos mais tarde, retomou o estudo de violino pelo método Suzuki com Irving Feldens na então Escola Evangélica Ivoti (Ivoti, RS) em 1995, paralelamente ao curso de magistério. Desde então, tem participado de encontros e festivais de música para jovens instrumentistas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Alagoas, Brasília-DF, Chile e Estados Unidos,  como aluna ou como docente. De 2000 a 2005 cursou a licenciatura em música na UFRGS, sendo aluna de violino das classes de Hella Frank e Fredi Gerling. No método Suzuki, possui certificados de teacher-training promovidos pela SAA (Suzuki Association of the Americas) em todos os dez livros do método para violino. Em 2013, concluiu o mestrado em pedagogia do violino pela Texas Tech University (Lubbock, TX), onde estudou violino com Annie Chalex-Boyle e foi bolsista-assistente por dois anos no projeto social desta universidade para o ensino coletivo de cordas, sob a orientação do professor Bruce Wood. Além de aulas individuais e coletivas de violino, sua experiência pedagógica inclui a atuação como professora de música nas séries iniciais; na Fundarte, atuou também como professora de teoria musical e regente de grupos instrumentais do Curso Básico.

 

Grupo Cordas na Câmera de Vereadores

 

O Grupo Cordas originalmente é formado por alunos dos cursos de instrumentos de cordas oferecidos na Fundarte, como violino, viola, violoncelo e contrabaixo acústico. Anteriormente, esperava-se destes alunos fluência na leitura de partitura para poder participar do grupo e autonomia no manuseio do instrumento (preparar e afinar o instrumento, executar, saber corrigir afinação nos ensaios, etc.)

 Tanto as estratégias quanto o repertório estão identificados com a metodologia Suzuki para aulas de instrumento em grupo. Nesta metodologia, os alunos aprendem de ouvido, praticam as músicas em casa e nas aulas individuais. Nas aulas em grupo as executam juntamente com os colegas, buscando a unidade e uniformidade na execução, focando afinação, ritmo, dinâmicas, região e distribuição do arco. Em outras palavras, o aluno é constantemente chamado a observar o que acontece musical e visualmente ao seu redor, onde o contato visual com quem conduz o grupo é muito abordado nas brincadeiras e nos ensaios de todas as músicas aprendidas.